quinta-feira, 15 de junho de 2017

Metrô de Salvador completa sua frota de trens para as linhas 1 e 2

Transportes sobre trilhos  🚇

Montadas na fábrica da Hyundai Rotem, em Araraquara (SP), as composições são formadas por quatro carros cada e têm design moderno, ar-condicionado, câmeras de vigilância, passagem livre entre carros (gangway), monitores do tipo LCD e sistema de vídeo para comunicação com o usuário, entre outras melhorias tecnológicas.Os 34 trens da série 2000 se juntam aos seis trens da série 1000, também da fabricante coreana, que já estavam em Salvador quando a concessionária assumiu o projeto e foram completamente revitalizados antes de entrar em operação. 

Da Redação
novo trem série 2000 - divulgação/CCR
A CCR Metrô Bahia acaba de completar a frota de novos trens do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, com a chegada do 34º trem da série 2000, na noite de ontem (13/06). Montadas na fábrica da Hyundai Rotem, em Araraquara (SP), as composições são formadas por quatro carros cada e têm design moderno, ar-condicionado, câmeras de vigilância, passagem livre entre carros (gangway), monitores do tipo LCD e sistema de vídeo para comunicação com o usuário, entre outras melhorias tecnológicas.
Os 34 trens da série 2000 se juntam aos seis trens da série 1000, também da fabricante coreana, que já estavam em Salvador quando a concessionária assumiu o projeto e foram completamente revitalizados antes de entrar em operação. 

trem da série 1000/arquivo 
Com 40 trens, a CCR Metrô Bahia completa a frota definida para o sistema, o que vai permitir intervalos de até três minutos, no futuro.
A chegada dos trens a Salvador exigiu uma logística complexa, que começa com a composição viajando vários dias em navios e termina com carretas transportando os carros ao longo de 2.500 quilômetros, passando por três estados brasileiros. Uma vez na área urbana, as carretas precisam aguardar o horário apropriado para que possam alcançar o Pátio Pirajá, onde funciona o complexo de operação e manutenção do sistema.
“A chegada do 34º trem é motivo de muito orgulho, pois são muitas as etapas desde a aquisição até o recebimento, o que inicia a fase de preparação final para circulação com passageiros. Realizar todo esse trâmite com a agilidade e eficácia que a CCR Metrô Bahia alcançou é resultado de uma equipe focada em oferecer o melhor à população de Salvador e região metropolitana”, ressaltou o diretor de Implantação de Sistemas da CCR Metrô Bahia, Claudio Andrade.
Após serem descarregados, os trens passam pelo processo de instalação de equipamentos de sinalização de controle dos trens e uma nova bateria de testes estáticos e em movimento (dinâmicos) até que estejam 100% preparados para circular garantindo conforto e segurança para os usuários do metrô.
Em função da demanda atual de passageiros no Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, média de 125 mil/dia útil, 16 trens circulam nas linhas 1 e 2, e outros dois trens ficam de reserva. Com esse número, o intervalo entre trens no horário de pico é de quatro minutos na Linha 1 (Lapa/Pirajá) e cinco minutos na Linha 2 (Acesso Norte/Pituaçu). Nos demais horários, as duas linhas trabalham com intervalo de oito minutos. O número de trens em operação irá aumentar gradualmente com o avanço da Linha 2 e o aumento da demanda.
Com informações da CCR Metrô Bahia  15/06/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"