domingo, 9 de outubro de 2011

Uma nova visão Economica,Social e Urbana para a CIDADE BAIXA

Mobilidade

Da Redação
Trólebus de Salvador SMTC (cidade baixa)
A cidade Baixa anda meio fora das discussões do temas de Mobilidade,Social,Econômica e Urbana.A partir da década de 70,com o inicio do funcionamento do Shopping Iguatemi em 1975,a região do comercio na Cidade Baixa onde funcionava o centro financeiro da cidade,um bom comércio varejista,escritórios comercias,centros de distribuição,escritórios de advocacia e tantas outras atividades ligadas a vida da cidade,começou a perder a sua força e a importância que tinha para Salvador.O bairro do Comercio era uma referência,para tudo e para todos,até mesmo na questão da mobilidade urbana,(Elevador do Tabuão desativado em 1959) além dos Trólebus Italianos desativados na década de 70, tinha um dos melhores serviços de transportes,que ligava a Pça da Inglaterra ao Bairro de Nazaré,era a famosa linha Nazaré Comercio operada na época pela empresa Transpenisular com seus belos e confortáveis micro ônibus (com musica ambiente e uma pintura vistosa) tipo Monobloco MB.A partir de então a região que outrora era o coração financeiro da cidade de Salvador começou a perder o fôlego e a forte migração de uma grande parte dos bancos,escritórios,empresas diversas e comercio do varejo para a região do Iguatemi decretou o esvaziamento daquela região atingindo de cheio também a famosa rua Chile onde estavam situadas as melhores lojas da cidade entre elas Sloper,Duas Américas,O Adamastor( resistiu até o ano 2000), algumas importantes joalherias,e até o antigo e badalado Palace Hotel com os seus belos musicais de fim de tarde também não resistiu, a Rua Chile, era chique.A decadência aconteceu sem que ninguém em tempo algum atentasse para o fato do desmonte de uma importante e histórica parte da cidade e tomasse alguma providência para evitar a catástrofe.E por isso pensando na revitalização da Cidade Baixa em toda a sua extensão do Comercio a Ribeira,é que pensamos em algumas ideias e soluções para a sua recuperação.Para que isso aconteça, a revitalização deve ser feita através de uma ampla restauração e não com reformas que descaracterizariam uma região da cidade ainda com ares bucólicos e históricos,com a implementação de um conjunto de medidas começando com um moderno sistema de transportes sobre trilhos,VLT-Tramway,( que se enquadraria perfeitamente a paisagem urbana do local ) ligando o Comercio a Calçada,Lgo.de Roma,Caminho de Areia Ribeira e uma outra linha ligando Lgo.de Roma,Bomfim,Madragoa, a recuperação e RESTAURAÇÃO arquitetônica das edificações,ruas, praças e monumentos históricos existentes,um tratamento urbanístico adequado a paisagem do local,a implementação de um polo de turismo sustentável criando-se micros, pequenos e médios empreendimentos,nas áreas de,gastronomia,artesanatos,artes,cultura,turismo náutico e religioso,e a criação de pousadas e hostéis (os hostéis também conhecido como albergues são importantes provocadores de intercâmbio cultural ).Todos esses investimentos deverão ser pulverizados em toda a extensão da cidade Baixa com enfase para os bairros ao longo da orla, mais, investimentos em pequenos centros produtores de artesanatos,gastronomia,confecções,arte,etc que forneceram seus produtos para os comerciantes nas diversas áreas,deverão ser criados nos bairros fora do eixo turístico beneficiando a população local.Tudo isso ira garantir sem duvida a geração de emprego e renda com a participação das comunidades locais.A revitalização da Cidade Baixa com a utilização sustentável da região para atividades no turismo,cultura(museus-náuticos/ferroviários/transportes),arte,gastronomia e laser preservando as características originais ainda existentes na maior parte da sua área,pois o índice de verticalização a partir do Lgo.dos Mares é um dos mais baixos de Salvador,traria inúmeros benefícios para a nossa cidade e especialmente para os moradores do local,alavancando oportunidade de trabalho e renda para muitos alem da melhoria na qualidade de vida.Hoje um dos poucos locais visitados por turistas que lá se destinam ainda é a igreja do Bonfim,locais como a Ribeira,Av.Beira Mar,Boa Viagem,Humaitá,Pedra Furada,etc,revitalizados e reestruturados seriam um forte atrativo para a atividade econômica voltada para o turismo.Lembrando que o sistema náutico também devera ter uma boa participação como vetor de turismo e transporte,acrescentando-se também a recuperação e a modernização da ferrovia e dos trens do subúrbio que certamente se integrarão no contesto da recuperação e reestruturação econômica,social e urbana de toda Cidade Baixa.
Pregopontocom - ( O centro da cidade alta em outra postagem )  Vamos Salvar Salvador



Artigos Relacionados - Cidade Baixa uma nova modelagem para a Mobilidade Urbana Sustentável...

Pregopontocom - 09/10/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"